Liberdade!

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (João 8:36).

          Não muito tempo depois de construir uma prisão em Nova Iorque, um rico empreiteiro foi acusado de falsificação e condenado a passar vários anos na prisão que havia construído. Enquanto era escoltado, pelos corredores, até a sua cela, ele comentou: ” Eu nunca imaginei, enquanto construía este prédio, que um dia seria prisioneiro dentro dele.”
         Às vezes nós construímos nossas próprias prisões. Isso acontece quando deixamos que o pecado tome conta de nossos corações e afastamo-nos da presença do Senhor. Enquanto mostramos indiferença às coisas celestiais, sem o perceber, construímos celas onde nós mesmos estaremos prisioneiros.
         Quando não deixamos que o Amor de Deus opere em nossas vidas, edificamos, tijolo por tijolo, as celas da mágoa e do ressentimento, seremos nós mesmos que as ocuparemos, passando longo tempo aprisionados sob suas paredes sombrias, sem desfrutar do calor e do sol espiritual que a alegria e a graça do amor de Deus oferecem aos que se afastam de sentimentos tão mesquinhos e desagradáveis.
           Quando não obedecemos à voz do Salvador que nos convida, “vinde a Mim,” preferindo ir para outros lugares, aparentemente mais atraentes, mas onde paz, felicidade e vida eterna não são achados, também construímos celas onde estaremos trancados, sem a possibilidade de gozar das bênçãos sem medida que apenas podem ser encontradas quando nossos pés caminham diante do altar de Deus.
          O que temos construído em maior quantidade durante os dias de nossas vidas, celas onde nós mesmos estaremos enclausurados ou jardins, onde poderemos passear com liberdade e prazer e ainda encantar a todos que seguem nossos passos?
     Se você percebe que está construindo celas, apresse-se em derrubar todas as paredes!
Deus nos abençoe.
Abraços
Lucas Ferreira (@lucas_scraft)


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s