Ofensa – a Raiz de Muitos Males

Por Lílian Dornellas.

“Os discípulos de Jesus testemunharam grandes e notáveis milagres. Assistiram maravilhados cegos verem novamente e mortos se levantarem. Ouviram Jesus ordenar que uma tempestade sossegasse. Viram milhares serem alimentados pelo milagre da multiplicação de poucos pães e peixes. A lista de milagres e maravilhas de Jesus era tão exaustiva que, segundo a Bíblia, um mundo de livros jamais poderia contê-la.

Nunca a raça humana testemunhou a milagrosa mão de Deus de forma tão impressionante e palpável. Os discípulos andavam maravilhados e surpresos. Entretanto, não foi por causa desses milagres que foram levados à beira da dúvida. Não, esse desafio viria mais tarde, no fim do ministério de Jesus na Terra. Jesus instruiu seus discípulos: “Se teu irmão pecar contra ti […] se, por sete vezes no dia, pecar contra ti e, várias vezes, vier ter contigo, dizendo: ‘Estou arrependido’, perdoa-lhe”. Então, disseram os apóstolos ao Senhor: “Aumenta-nos a fé” (Lc .17:3-5). Os milagres não os inspiraram no sentido de aumentar-lhes a fé, levantar os mortos ou acalmar o mar; mas o simples mandamento de perdoar aqueles que os ofenderam!”(retirado do prefácio do livro “A Isca de Satanás de John Bevere)

Confesso que o dia que li o inicio deste livro tomei um choque e fui impactada por tamanha verdade. Vocês já pararam para pensar quanto de ofensa e mágoa temos guardado? Tudo é motivo para ficarmos magoados uns com os outros.

E o mais impressionante, a gente acaba acreditando em Deus, no poder de Deus, nos milagres de Deus, todavia não conseguimos enxergar que fomos feitos para liberar perdão. Fomos feitos para te um coração limpo, livre de toda e qualquer mancha do pecado.

Ofensa é pecado. O grande problema é que a sociedade nos molda para que pensemos que sempre estamos certos, e nunca errados. E o pior é que quem erra conosco nem sempre – ou quase nunca – é digno de perdão.

Eu aprendi que perdão não é um sentimento, como o amor e a alegria. Perdão é uma atitude. Você não escolhe seus sentimentos e nem sempre tem controle sobre eles, tem dias que você está alegre, tem dias que está triste. Porém você consegue escolher praticar o perdão. Você não sente perdão, mas libera perdão. É bastante diferente uma coisa da outra.

Eu não quero apenas crer nos milagres como sempre cri. Os milagres não acontecem apenas com terceiros, ou com outros. O milagre acontece em primeiro lugar dentro de mim quando deixo Deus trabalhar de forma tão profunda e especial na minha vida que Ele me faz perdoar e me libertar de pesos e prisões deixados pelas mágoas do passado.

Talvez você tenha vivido até hoje sem perceber a grandeza desse Deus. Ou talvez você tenha vivido como eu, acreditando em todos os milagres, mas não enxergando que Deus pode tratar e fazer um milagre comigo, com minha alma e com meus sentimentos.

Que possamos pedir direção a Deus e clamar que Ele nos liberte de toda a mágoa e ofensa guardada na nossa alma. Não deixe de viver a abundancia da vida que Ele tem para você por causa do passado.

“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” – João 8.32

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s