Hoje estava conversando com meus amigos do trabalho sobre o vídeo da Aline Barros ministrando sobre a vida da Xuxa com a musica ressuscita, houve muitos questionamentos, até que para ajudar na conversa fiz o seguinte comentário: Acredito que se houver realmente algum pacto, ele será quebrado e que Deus fará uma obra na vida dela.Rapidamente recebi uma resposta: Já escuto isso desde que eu era criança! Porem, a minha resposta também veio rápido: Mais você não pode deixar de acreditar nisso! Todos naquela conversa eram cristãos, e tenho certeza que todos naquela conversa têm erros que necessitam ser consertados. Não estou aqui para entrar na discussão sobre a Xuxa, apenas usei esse exemplo para tratar sobre algo com vocês, julgamos tanto outras pessoas, apontamos tantos os seus erros e falhas mais o que temos feito para a salvação deles? Você já orou pela conversão dela ou do Justin ? Mais garanto que você já o julgou por algo, eu assumo!! O interessante é que não voltamos esses pensamentos a apenas aos artistas, mais também para aquela adolescente que está grávida, para a jovem que está em depressão e para aquele conhecido seu que está no mundo das drogas. Somos Hipócritas, julgamos o pecado dos outros enquanto achamos que o nosso pecadinho é só um detalhe. Mais uma vez volto a perguntar, quantas vezes você orou, chorou pela vida dessa pessoa, realmente se comoveu e clamou pela vida dela? Querido, ela já tem o mundo todo para julgá-la, se realmente você é luz, deve fazer a diferença, em vez de julgar, clamar!

Quem foi o único homem sem pecado? Jesus! Ele poderia então julgar alguém ou olhar com um ar superior certo? Mais sabe como ele olhou para a prostituta, para o mentiroso, para o ladrão? Com um olhar de compaixão, de amor. Onde está esse nosso amor pelo próximo, onde está a sensibilidade para sentirmos a dor do outro? Estamos muitos sensíveis para os erros, mais e para a necessidade?
Querido, não importa se é um artista famoso, seu vizinho ou o pior homem do mundo, você não tem o direito de julgar! Mais tem o dever de clamar por essa vida. Se você olhar no espelho irá encontrar várias coisas a serem julgadas também. Pense nisso! Não existe pecado, pecadinho ou pecadão!!

Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.Mateus 7:2-5
 

Geiza Maria

Enhanced by Zemanta