“As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem” João 10.27

Olá, pessoal! Quanto tempo!!

Acho que desde quando voltei do Chile que não posto aqui no blog… Mas agora estou de volta!

Estava orando pedindo inspiração a Deus para escrever hoje e, me veio a seguinte palavra à mente, FOCO. E é sobre isso que quero compartilhar. Exatamente o tempo que não escrevi aqui, foi o tempo que comecei a me dedicar intensamente a buscar ao Senhor e poder aprender d’Ele e com Ele em cada situação da minha vida. E uma das ultimas coisas que Deus tem me ensinado é sobre isso e por isso quero compartilhar com vocês… vamos lá!!!

Todos nós nascemos com um propósito do Senhor para nossa vida; todos nós temos uma direção de Deus, relacionada a diferentes áreas da nossa vida, e isso é algo que nós precisamos descobrir, para sabermos o caminho que devemos seguir a fim de alcançar nosso objetivo. Com relação a essa parte, Deus ministrou muito forte ao meu coração… Quantas vezes queremos saber a vontade de Deus e, aí dizemos que vamos esperar, mas, duas coisas estão por trás dessa afirmação de “vou esperar” e que paralisam e impedem o cumprimento do propósito de Deus… a primeira é: dizemos que vamos esperar a orientação de Deus, mas, enquanto isso, tomamos nossas próprias decisões e vivemos o que queremos do jeito que queremos e, a prova disso é que permanece dentro de nós a dúvida, a qual é a grande demonstração de que não estamos vivendo o propósito de Deus… O outro ponto que envolve a questão, é que nos acomodamos até “conseguirmos” ouvir a voz de Deus… Deixe-me explicar, fazendo algumas perguntas: Como você acha que vai ouvir a voz de Deus e, mais ainda, como acha que vai entendê-la… Você diz que está esperando, mas ao mesmo tempo, está vivendo o que você quer e da forma como quer… Segundo, você conhece a voz de todo mundo, menos a de Deus… Saiba de uma coisa, precisamos conhecer a voz de Deus, a ponto de que um sussurro, nos faça saber que é Ele quem está falando. Deus quer que alcancemos o nível em que não haverá mais dúvidas, porque sabemos e entendemos perfeitamente o que Ele está nos dizendo e querendo nos mostrar.

Entendendo isso, posso chegar aonde quero, quanto ao FOCO. Não podemos achar que porque sabemos a “vontade” de Deus, seguiremos pelo caminho perfeitamente tranquilos e alcançaremos o que Deus tem para nós e quer de nós. Nesse caminho, Satanás, os nossos próprios desejos e outras propostas aparentemente interessantes vão surgir, tentando impedir que permaneçamos no foco que Deus nos deu. E, muitas vezes, serão tão sutis que se não estivermos ligados e não tivermos discernimento, pouco a pouco, vamos nos afastar do nosso foco. E olha que poderão ser coisas que aos nossos olhos sejam até de Deus, mas eu aprendi uma coisa, se não é o propósito de Deus, não é de Deus, mesmo que pareça

Aprendi isso, através da vida de Jesus, Ele nasceu com um propósito e sabia disso, mas em todo tempo da sua caminhada até chegar ao cumprimento do Seu propósito, houveram muitas tentativas para impedi-lo. A primeira, que talvez possamos considerá-la, clara, foi quando Satanás o tentou; conhecemos bem a história. A outra, foi quando ao compartilhar com seus amigos, os discípulos, sobre a sua missão, Pedro se levanta e o repreende e, naquele momento, Jesus, mais uma vez, reconheceu que era uma tentativa de desvio do foco; e, por fim e a mais difícil de vencer, foi quando o próprio coração de Jesus tentou desviar-se do Seu propósito ( Lucas 22.39-46), mas no fim, e graças a Deus, Ele reconheceu que a vontade de Deus é que deveria ser cumprida e que Ele não podia desviar-se do foco. Como podemos ver, talvez as duas primeiras fossem fáceis de vencer; mas, até com Jesus, vencer a si mesmo foi mais complicado. Querido, assim também é conosco, se não estivermos bem atentos nas coisas de Deus, poderemos ser enganados por nós mesmos, achando que estamos no foco, na direção certa, rumo ao alvo. Mas, na verdade, estamos a cada dia desviando nosso olhar do foco, guiados por outras propostas e por nossa própria cobiça.

Que todos os dias, possamos sondar nosso coração, nossas escolhas e a direção que estamos seguindo, analisando cada passo, a fim de que não desviemos um milímetro do foco que Deus nos deu; pois, um milímetro de desvio do foco de um foguete, por exemplo, o levará a um lugar totalmente diferente ao que lhe foi proposto em alguns segundos.

Leia: I Coríntios 7.33

 “…. Senhor desde o ventre da minha mãe,
Eu sou povo exclusivo Seu,
Eu sou abençoado se vivo obediente.

Mas todo dia o pecado vêm, me chama
Todo dia as propostas vêm, me chamam
Todo dia vêm as tentações, me chamam
Todo dia o pecado vêm… Mas eu escolho Deus…”

Raíssa Gomes

Enhanced by Zemanta