Olá pessoal!

O pecado nos rodeia a cada instante. Muitas vezes nos sentimos pressionados por ele e em muitas vezes não resistimos às tentações.

“Você está em uma floresta linda, passeia um pouco e encontra algumas bandejas que estão sendo seguradas por homens que parecem anjos. Em cada uma das bandejas há uma maça brilhante com uma cor nunca vista, seu cheiro é o melhor que você já sentiu então, você deseja experimentá-la, escolhe uma e come, sentindo um gosto delicioso que te dá prazer e é a melhor sensação que já sentiu na vida. Seu rosto se reflete na bandeja, está diferente, belo, suas roupas se transformam em lindas vestes e você se sente melhor do que nunca! Ao olhar para o ‘anjo’ o seu rosto se transforma em uma figura horrível, você sente medo e correr dali é sua única reação mas, seus pés estão presos e nem tem como sair dali. De repente um enorme leão surge do meio da mata e pula em cima do anjo e seus pés ficam livres para correr dali. A tentação de voltar àquele lugar novamente e sentir o prazer que aquele fruto de dá parece ser maior que todo medo, ir de novo seria arriscado mas, você decide que vai assim mesmo.

No outro dia as bandejas estão lá novamente. As maças estão ainda mais bonitas e cheirosas! Olhando as bandejas, um ‘anjo’ é simpático e sorri, oferecendo sua bandeja a você. Mesmo relutando um pouco você aceita a oferta e come novamente a maça, então o prazer invade seu corpo, mas ele não é como o da outra vez e seu efeito dura menos. Mesmo assim você sente de novo uma das melhores sensações da sua vida e se pergunta: Porque eu não experimentei isso antes? Neste momento o céu se enche de nuvens escuras e o medo toma conta do seu coração. Sem entender, ao olhar para o ‘anjo’ seus olhos estão pegando fogo e ele não parece simpático como estava, seus olhos emitem ódio e seu rosto se modifica. O ‘anjo’ vem ao seu encontro desejando te matar mas,  ele é interrompido mais uma vez pelo leão que pula em cima dele e você sai correndo novamente sem olhar para trás.

Sua mente não entende o que está acontecendo e mesmo com medo você deseja comer aquela maça, é como se somente ela te fizesse se sentir bem, pois ela te da prazer, ela já faz parte da sua vida e o que há de mais ir lá novamente? Ao chegar lá, o lugar está diferente, está escuro, você mal consegue enxergar e sente um cheiro ruim no lugar, você avista os ‘anjos’ segurando as bandejas e dessa vez eles não sorriem para você, nas bandejas as maças estão podres. Você se desespera e sente que morrerá se não come-las. Então você tenta chegar perto das bandejas, mas seus pés estão presos no chão e um desespero toma conta da sua alma e  você sente a morte chegando mais perto. Um estrondo rasga o céu, o leão aparece e destrói os ‘anjos’ das bandejas, então ele toca em sua cabeça e uma paz invade seu coração, você se sente salvo e a vontade de sentir aquela sensação que aquele fruto de dava acaba porque, agora você sente algo muito melhor que não passa mais!”

Eu fiz essa história baseada no livro que li da Lycia Barros “A Bandeja – que pecado te seduz” que aborda o pecado que é oferecido para nós a todo momento. Quantas vezes eu e você aceitamos o que estava na bandeja? E quantas vezes arriscamos nossa vida para sentir o que ela nos proporcionava? E ainda, quantas vezes Jesus bradou como um leão para te livrar da morte que o pecado te dá? Eu já experimentei o que Jesus pode me proporcionar e garanto que nem todas as bandejas do mundo podem se comparar ao amor, a paz e a todas as sensações que Ele nos proporciona. Não aceite mais as bandejas que o mundo te oferece, pois, Deus tem um banquete para te dar!

Obs.: Eu recomendo que todos adquiram esse livro. Ele é um romance e tem uma linguagem para nós jovens que conta a história de uma garota que aceita as bandejas que o mundo oferece para ela. O restante da história não tem como contar, só lendo mesmo! Mas posso garantir que é um dos melhores livros que já li e olha que eu leio muito! Qualquer informação sobre o livro você encontra nesse link: http://www.lyciabarros.com.br/blog/

Deus abençoe a todos nós!

Um beijo

Leila Dornelas