Fugitivos sempre!

PAIXÕES – Essa palavra está martelando na minha cabeça há algum tempo. Então, eu disse para Deus: “Ajuda-me a fugir das paixões da mocidade.” Acho que era isso que Ele queria que eu fizesse.

Na verdade, eu já fiz essa oração há muito tempo, quando li o conselho de Paulo a Timóteo: “Fuja das paixões da mocidade” (II Timóteo 2.22); mas nessa última vez, eu entendi de uma forma mais ampla, porque, eu não sei você, mas eu reduzia essas “paixões” a namoro, o que tornava mais fácil as coisas para mim, pois eu nunca quis namorar por namorar.

Parei para listar cada paixão que tenho e convido você agora mesmo a parar e a pensar em quais são as suas paixões e, se puder liste-as. Depois disso, ore e peça a Deus para esclarecer, trazer luz sobre suas paixões, para que você tenha discernimento se alguma tem roubado o lugar d’Ele na sua vida. Eu tenho, nós temos muitas paixões. E, paixão nesse contexto pode ser considerada como tudo aquilo que tira Deus do centro do seu coração e da sua vida. Querido, o apóstolo Paulo disse ‘para fugir das paixões’ e isso deve ter alguma razão, não deve ser por acaso.

Recentemente eu pedi perdão a Deus porque uma de “minhas paixões” O estava tirando de cena. Uma vez, também, assim que terminei meu namoro, eu não conseguia orar por nada além de pedir a Deus para me dar de volta aquele namorado e, Deus me questionou: ‘ E, se Eu não te der, você continuará se afastando de mim ou continuará me amando?’

Aprendemos perfeitamente isso com o exemplo do nosso pai da fé, Abraão, para ele quem mais importava era Deus e, não seu filho, que se eu puder dizer, poderia ser sua paixão. Eu vejo isso, como uma tentativa constante do inimigo de nos afastar de Deus, colocando sem percebermos outras coisas ou pessoas no lugar d’Ele.

Situações em que dizemos: ‘não sei viver ou não posso viver sem essa pessoa ou sem isso’, e nos entristecemos a ponto de só pensar nisto, representam paixões que estão se tornando Deus na sua vida. Veja: se o seu namoro, amigos, família, trabalho, faculdade, sonhos, projetos, filmes, artistas, músicas, novelas, futebol, até mesmo, o ministério estão ocupando a atenção, o amor, a obediência, a dedicação, a razão da sua vida, o motivo da sua alegria, ou seja, o primeiro lugar da sua vida significa que pouco a pouco você está perdendo Deus de vista e, essas coisas O estão tirando da sua vida.

“Um coração que não tem Deus em primeiro lugar, não tem Deus; pois Ele não divide Seu trono com ninguém.”

Para alcançarmos uma vida com Deus, devemos atentar com cuidado para todas as nossas paixões. Peça a Deus esclarecimento e discernimento sobre elas.  Pode parecer a coisa ou a pessoa mais perfeita, boa e certa, mas, se a sua vida gira em torno disso, FUJA.

“ Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.” Provérbios 4.23

“ Ame o Senhor, o seu Deus de TODO o seu CORAÇÃO, de TODA a sua ALMA e de TODO o seu ENTENDIMENTO.” Mateus 22.37

Faça dessa canção a sua oração nesse dia! 

‘… Senhor, meu coração
Bate pela Tua presença
O meu vazio só é preenchido
Pela Tua perfeição.

Perdão, pois tantas vezes procuro em vão

O que só encontro em Ti…’

Chamando de volta sempre à mente e coração distraídos, pois de nada depende minha vida a não ser d’Ele.

Raíssa Gomes 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s