Perdão

Adaptado do texto Perdoar do Pr. Marcio Valadão de 06/11/2007

“O Senhor, que é bondoso, perdoa todo aquele que inclina o seu coração para buscar a Deus”.  2 Crônicas 30.18-19

Como está o seu coração? O que Deus deseja tratar hoje em sua vida tem tudo a ver com ele. Jesus ensinou: “Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas” (Mateus 6.14-15).

O que é mesmo perdão?  A palavra grega traduzida como “perdoar” significa literalmente cancelar ou remir. Significa a liberação ou cancelamento de uma obrigação e foi algumas vezes usada no sentido de perdoar um débito financeiro. Para entendermos o significado desta palavra dentro do conceito bíblico de perdão, precisamos entender que o pecador é um devedor espiritual.

A Boa Nova do evangelho é que Jesus pagou o preço por nossos pecados com sua morte na cruz. Quando aceitamos o convite para a salvação, pela obediência aos mandamentos de Deus, ele aceita a morte de Jesus como o pagamento dos nossos pecados e nos livra da culpa das nossas transgressões. Não ficamos mais na posição de infratores da lei ou devedores diante de Deus. Somos perdoados! Você precisa perdoar, porque um dia também foi perdoado de todos os seus pecados e da condenação eterna. Abra o seu coração e libere o seu perdão, mesmo que a pessoa não mereça.

O perdão, então, é um ato no qual o ofendido livra o ofensor do pecado, liberta-o da culpa pelo pecado. Este é o sentido pelo qual Deus “esquece” quando perdoa (Hebreus 8.12). Não que a memória de Deus seja fraca. Por exemplo, Deus lembrou-se do pecado de Davi a respeito de Bate-Seba e Urias muito tempo depois que Davi tinha sido perdoado (2Samuel 12.13; 1Reis 15.5). Ele liberta a pessoa perdoada da dívida do seu pecado, isto é, cessa de imputar a culpa desse pecado à pessoa perdoada (Romanos 4.7-8).

Como posso perdoar? O pecado tanto danifica as relações entre as pessoas como prejudica nossa relação com nosso Deus. A pessoa contra quem se pecou freqüentemente se sente ferida, talvez irada pela injustiça do pecado cometido. O perdão é necessário para a cura espiritual da relação, mas precisamos preparar nossos corações para perdoar. Existe a injustiça do ferimento, a deslealdade do pecado, mas precisamos estar prontos para perdoar (observe os exemplos de Jesus e Estevão (Lucas 23.34; Atos 7.60). Mesmo se o pecador recusar a se arrepender, não podemos continuar a nutrir a raiva, ou ela se tornará em ódio e amargura. Ainda que o pecador possa manter sua posição como transgressor por causa de sua recusa a se arrepender, seu pecado não deverá dominar meu estado emocional.

“Para nos preparar para perdoar,precisamos lembrar que nós mesmos somos pecadores e necessitados do perdão divino” (Romanos 3.23).  

Lílian Dornelas

Anúncios

Um comentário sobre “Perdão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s