Esta semana foi uma daquelas que eu gostaria muito que não tivesse existido no meu humilde calendário particular haha, mais felizmente Deus permitiu pra que eu aprendesse mais um pouquinho a respeito Dele em mim. Acordei na segunda feira com o corpo tão dolorido que não conseguia colocar o pé no chão para completar o dia fiquei com crise de enxaqueca que “Meu Deus”! parecia que eu estava indo pra glória….resumão minha semana foi aff!!! Tudo foi terrível e difícil mais aos poucos Deus falava comigo com carinho. Descobri algo profundo, maravilhoso,assustador e extraordinário talvez você já sabe mais foi de uma forma tão dolorosa mais tão bonita sei lá. Quando comecei a estudar a bíblia Deus me levou a vários textos lindos como Salmos 4 que diz assim:

Responde-me quando clamo, ó Deus que me faz justiça! Dá-me alívio da minha angústia; Tem misericórdia de mim e ouve a minha oração.Até quando vocês, ó poderosos, ultrajarão a minha honra? Até quando estarão amando ilusões e buscando mentiras? Pausa
Saibam que o Senhor escolheu o piedoso; o Senhor ouvirá quando eu o invocar. Quando vocês ficarem irados, não pequem; ao deitar-se reflitam nisso, e aquietem-se. Pausa Ofereçam sacrifícios como Deus exige e confiem no Senhor. Muitos perguntam: “Quem nos fará desfrutar o bem? ” Faze, ó Senhor, resplandecer sobre nós a luz do teu rosto! Encheste o meu coração de alegria, alegria maior do que a daqueles que têm fartura de trigo e de vinho. Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança. 
Salmos 4:1-8

Puxa, essa foi minha oração vários dias da minha semana de tão atribulada e muito chorona como me encontrava. Como o meu Deus é MAIS…Maravilhoso,Amoroso,Intenso e Soberano ele não me permitiu ficar somente nesses versos de Davi. Continuei buscando respostas para essa semana tão intensa e então Ele me levou a um texto que tenho lido muito nos últimos 2 anos da minha vida insistentemente 2 Coríntios 4 observem:

Portanto, visto que temos este ministério pela misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Antes, renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos; não usamos de engano nem torcemos a palavra de Deus. Pelo contrário, mediante a clara exposição da verdade, recomendamo-nos à consciência de todos, diante de Deus. Mas se o nosso evangelho está encoberto, para os que estão perecendo é que está encoberto. O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. Pois não nos pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós como escravos de vocês, por amor de Jesus. Pois Deus que disse: “Das trevas resplandeça a luz”, ele mesmo brilhou em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Cristo. Mas temos esse tesouro em vasos de barro, para mostrar que este poder que a tudo excede provém de Deus, e não de nós. De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos.
Trazemos sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, para que a vida de Jesus também seja revelada em nosso corpo. Pois nós, que estamos vivos, somos sempre entregues à morte por amor a Jesus, para que a sua vida também se manifeste em nosso corpo mortal.
De modo que em nós atua a morte; mas em vocês, a vida. Está escrito: “Cri, por isso falei”. Com esse mesmo espírito de fé nós também cremos e, por isso, falamos, porque sabemos que aquele que ressuscitou ao Senhor Jesus dentre os mortos, também nos ressuscitará com Jesus e nos apresentará com vocês. Tudo isso é para o bem de vocês, para que a graça, que está alcançando um número cada vez maior de pessoas, faça que transbordem as ações de graças para a glória de Deus. Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. 
2 Coríntios 4:1-18

Queridos quando terminei de ler estes versos fiquei parada chorando muito por que descobri o que de fato habitava em mim naquele momento ali. Eu um vaso de barro possuía um tesouro lindo e poderoso dentro de mim. Deus estava ali comigo eu ouvi nitidamente ele me dizer: EU ESTOU AQUI. Foi lindo!! Ele me lembrou do que me espera na glória com ele e que tudo que estou passando aqui não se compara com o que ele está preparando lá. Ele me disse que eu só suportarei por causa dele, por ele estar em mim. Não desanime filha disse ele, minha graça se multiplica sobre ti todos os dias mesmo que o teu corpo não esteja suportando mais ficar de pé eu estou habitando em você por isso renovo o seu interior para mais um dia. Levar o meu morrer em sua própria carne não é fácil disse ele, você se lembra como morri (ele me perguntou ) Morte e morte de Cruz a mais humilhante e dolorosa morte morri, então para levar ela sobre sua carne mortal vai ser doloroso mais a minha vida há de se manifestar em seu corpo. Fique tranquila filha eu estou gerando a minha vida em ti.Operando a morte em ti para que outros vivam em mim. Assim como o meu Pai operou a morte em mim pra que você pudesse viver. Calma tudo ficará bem Eu sou o Senhor teu Deus e fora de mim não tem salvação alguma. Amigos Deus terminou me dizendo que:  Eu sou o vaso de barro e Ele (Deus) mora dentro de mim e que por isso que já posso suportar…Aleluia!!! E você o que mora dentro do seu vaso…

Com carinho Elisângela Reis