No que acreditamos

1) A existência de um só e eterno Deus: Pai, Filho e Espírito Santo, um em essência e trino em pessoas.

1.1.) Deus Pai, eterno, criador e sustentador de todo o universo, onipotente, onisciente e onipresente, santo, soberano sobre tudo e todos, antes e agora, e para todo o sempre;
1.2.) Deus Filho, eterno, unigênito de Deus Pai, encarnado, imaculado, Cordeiro de Deus, morto e ressurreto, único mediador entre Deus e os homens;
1.3.) Deus Espírito Santo, eterno, derramado sobre toda a humanidade. Deus que habita a Igreja, consolador, intercessor, que atua para convencer o homem de seu pecado, da justiça em Cristo, e do juízo de Deus, que unge e capacita a Igreja para a continuidade da missão de Jesus Cristo no mundo.

2) A inspiração divina, veracidade e integridade da Bíblia, tal como foi revelada originalmente, e sua suprema autoridade em assuntos de fé e conduta.

3) A criação do universo em perfeita harmonia, e do ser humano à imagem e semelhança de Deus.

4) A pecaminosidade universal e a culpabilidade de todos os homens, desde a queda de Adão, e a consequente sujeição de todos os homens à ira da condenação de Deus, e à corrupção e degeneração de todo o universo criado.

5) A redenção da culpabilidade, pena, domínio e corrupção do pecado, somente por meio do Senhor Jesus Cristo, o Cordeiro de Deus, nosso representante substituto, que através de sua morte expiatória – seu corpo partido e seu sangue derramado – satisfez a justiça de Deus e triunfou sobre a morte, o Diabo e seus anjos maus, libertando todos os seres humanos para toda a eternidade.

6) A ressurreição corporal do Senhor Jesus Cristo e sua ascensão à direita de Deus Pai.

7) A justificação do pecado somente pela graça de Deus, por meio da fé em Jesus Cristo, mediante ação do Espírito Santo.

8) A única igreja santa e universal, que é o corpo de Cristo, sendo Ele mesmo seu edificador e Cabeça, e que, na terra, se manifesta através de comunidades cristãs locais, às quais pertencem todos os que creem.

9) O reino de Deus como domínio de Deus, de fato e de direito, sobre tudo e todos, inaugurado na história por meio de Jesus Cristo e manifesto por meio de sua Igreja, e que se consumará na eternidade para a glória de Deus Pai.

10) A missão da Igreja como extensão da missão de Jesus Cristo, a saber, “levar o evangelho todo para o homem todo”, convocando todos os homens à participação no reino de Deus.

11) A segurança da segunda vinda de Jesus Cristo em corpo glorificado; a ressurreição dos mortos e a consumação do eterno reino de Deus.